Anúncios

terça-feira, 15 de maio de 2018

Campanha contra violência sexual alerta a população sobre o poder da denúncia



A ADESSU Baixa Verde realizou no início de 2018 um diagnóstico para o levantamento dos índices de violação de direitos, em comunidades rurais dos municípios de Triunfo e Santa Cruz da Baixa Verde, onde tem atuação atualmente.  O resultado do diagnóstico revelou que de todas as violações de direitos identificadas, a violência sexual contra crianças e adolescentes é a mais gritante, seguida da negligência. Com base nos dados, a associação intensificou as ações de combate e prevenção à violência sexual, através de suas atividades formativas e de mobilização social.

Durante o mês de maio, está sendo trabalhada a campanha pela não violência sexual contra crianças e adolescentes, intitulada “Eu não vejo, eu não falo, eu não escuto: eu violo direitos!, com o objetivo principal de chamar atenção da sociedade civil e poder público sobre seu papel de garantidor e defensor dos direitos das crianças e adolescentes, tendo como uma das principais ferramentas a denúncia.

“A denúncia é um ato de coragem e de muita importância, pois possibilita que aquela violação seja investigada e, tomadas as devidas providências. Quando não denunciamos, estamos deixando que a violação continue, e o possível violador solto para cometer mais e mais crimes. Não devemos ter medo de denunciar, temos que fazer de modo anônimo para nossa segurança. Não fechemos a boca, deixemos que os ouvidos escutem e não fechemos os olhos para algo tão importante. Denuncie já, ligue 100 ou procure o Conselho Tutelar mais próximo", alerta a coordenadora pedagógica Jacinta Gomes.

Dentro da programação, foram inseridas visitas a escolas nos municípios de Triunfo e Santa Cruz, com o intuito de discutir com alunos e professores a temática da violência sexual e divulgar os principais contatos para onde devem ser encaminhadas denúncias de abuso ou exploração sexual, além de outras violações de direitos. A parceria da ADESSU com as escolas passou a ser fortalecida a partir de 2016, com a execução da “Semana EDD nas escolas”, uma atividade que promoveu a inserção da temática dos direitos das crianças e adolescentes no currículo escolar. Além das atividades nas escolas, a campanha está sendo promovida em ações de mobilização, ocupando feiras livres e rodovias dos municípios.

No dia 18 de maio será realizado na cidade de Santa Cruz da Baixa Verde, um ato público contra a violência sexual, através da parceria entre a ADESSU Baixa Verde, Sindicato dos Trabalhadores Rurais, Poder Executivo, Poder Legislativo, Conselho Municipal de Direitos da Criança e do Adolescente, Conselho Tutelar, Secretaria de Ação Social, Secretaria de Educação, Secretaria de Saúde, Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente, CRAS, Escola Santa Cruz, Escola Francisca Flor, Escola Artur Viana, COMDESSC, LAR 127, Centro Sabiá, NUCA, Programa Mãe Coruja e Setor Juventude. Além dos parceiros, a campanha tem o apoio da cooperação alemã Kindernohilfe/KNH.


Por Jéssica Freitas

Sem comentários:

Enviar um comentário

Anuncie

Anuncie
Aqui