Anúncios

quinta-feira, 18 de janeiro de 2018

ADESSU Baixa Verde dá início a projeto de recuperação de Sistemas Agroflorestais


Na manhã desta terça-feira (16) foi realizado na Sede da ADESSU Baixa Verde, o primeiro encontro para apresentação do projeto “Das mãos para a terra, a solução ambiental”, que beneficiará diretamente 31 famílias, dos municípios de Triunfo e Santa Cruz da Baixa Verde, integrantes do quadro de associadas e associados da instituição. Escrito em 2017, o projeto concorreu com mais de 1000 propostas apresentadas ao programa Ecomudança, financiado pelo Banco Itaú, em parceria com o Instituto Ekos Brasil.
O projeto tem como objetivo, recuperar áreas de produção, promover a geração de renda e propagar a educação agroecológica desde o início da implantação, por meio de Sistemas Agroflorestais – SAFs. A maioria das agricultoras e agricultores associados possui Sistemas Agroflorestais em suas propriedades, essas áreas foram bastante afetadas ao longo do último período de estiagem. A expectativa agora é que com o incentivo do projeto, todos voltem a produzir.
O agricultor Clécio Manoel, da comunidade Brejinho dos Soares, em Triunfo, é sócio da ADESSU e cooperado da COOPCAFA e será um dos beneficiados com o melhoramento do SAF. Ele conta que desde sua infância esteve ligado a agrofloresta, em sua propriedade há uma área preservada e seu objetivo é melhorar cada vez mais.  “Lá na minha propriedade existe uma fonte que nunca seca, pois sempre tenho mantido a mata preservada ao redor dela, e tudo vai continuar melhorando se Deus quiser”, comenta.
Cada uma das famílias será assessorada pelo técnico de campo Helenilson Lima, que vai dialogar com cada experiência para assegurar que os Sistemas sejam restaurados ou melhorados e gerem renda e qualidade de vida para as agricultoras e agricultores. O projeto contará ainda com um coordenador, uma gerente financeira e uma comunicadora popular, que já integram a equipe técnica da ADESSU.
O Programa Ecomudança apoia projetos inovadores, de impacto positivo e transformador nas seguintes modalidades: Eficiência Hídrica, Eficiência Energética, Manejo de Resíduos, Floresta, Agricultura Sustentável e Mobilidade. Com o objetivo de fomentar iniciativas que ajudam a reduzir os impactos das mudanças no clima.

Por Jéssica Freitas 
x

Sem comentários:

Publicar um comentário

Anuncie

Anuncie
Aqui