Anúncios

sábado, 29 de dezembro de 2018

Assalto a mulher em Tabira-PE com arma branca

Na tarde tarde de ontem 28 de dezembro de 2018, por volta das 17h 00min, o ROMU ( Rondas Ostensiva Municipal), foi acionado via CECOM, (Central de Comunicação), da Guarda Municipal, para averiguar uma ocorrência de roubo sob ameaça com arma branca, o efetivo se dirigiu a Rua VII do Bairro Jureminha, onde encontrou a vítima D.C.A.V., 27 anos, união estável, agricultora, a qual relatou que próximo a ao bar de Seu Luiz, na Rua do Sebo, foi abordada por um indivíduo conhecido por Marcelo, o qual teria apontado um punhal próximo ao pescoço, ameaçando-a de morte caso ela não entregasse seus pertences, levando a quantia de R$ 100,00 (cem reais). 

Foi realizado rondas no intuito de encontrar o imputado porém até o momento sem êxito, diante dos fatos a vítima foi conduzia a Delegacia de Polícia local, onde a ocorrência foi registrada para serem tomadas as medidas legais cabíveis.

Reportagem do blog Mais Pajeu


segunda-feira, 24 de dezembro de 2018

Feliz natal e em 2019 muita paz e amor solidariedade no coração da humanidade


Olá amigos e amigas, leitores/as do blog PAJEÚ DE NOTICIAS!



Este ano foi um ano de muitos acontecimentos positivos e negativos no enredo Nacional e Estadual. Registramos alguns desses acontecimentos aqui neste espaço. No Blog conseguimos atingir nossa meta e ultrapassamos cem mil visualizações. Almejamos que no próximo ano possamos ir ainda mais longe. Nosso blog atravessou fronteiras e temos visualizações de todos os continentes, principalmente em países como Estados Unidos, China, Emirados Árabes, Reino Unido, Portugal, Rússia, Ucrânia, Israel, Índia, Peru Espanha e Outros.
Foram 102.834 visualizações até esse momento. Somente neste mês de Dezembro são quase 6.000, com uma media de 290 visualização por dia.
Nosso jeito de fazer comunicação é diferente! Presamos pelo respeito aos leitores e veracidade das notícias em primeiro lugar. Tratamos o conteúdo das noticias aqui veiculadas com imparcialidade e confiança.
A Equipe Pajeú de Notícias deseja para todos os leitores, um feliz natal e 2019 com muita felicidade. Que o novo ano seja de sucesso para todos e todas.
Acompanhe nossas noticias nas redes sociais, curta nossa pagina no Facebook.

Atenciosamente Equipe do Blog Pajeú de Noticias.

domingo, 16 de dezembro de 2018

O ‘corpo-mole’ do MPF no caso do ex-motorista de Flávio Bolsonaro

Materia daqui Carta Capital 
Até aqui, porém, o MPF demonstra pouco apetite para mexer no assunto, apesar de o rolo de Queiroz ter surgido no meio de uma investigação do órgão.
Foto:Blog do Ismael 

Com base nessa investigação, o MPF pediu a prisão de vários deputados estaduais e funcionários da Assembleia do Rio, em 16 de outubro, mas nem Flávio Bolsonaro nem seu motorista Queiroz estavam entre os alvos.
Desde que Queiroz virou notícia, em 6 de dezembro, o MPF já divulgou duas notas a dizer que o documento que complica o amigo e colaborador bolsonarista foi enviado “espontaneamente” ao órgão pelo  Conselho de Controle de Atividades Financeiras, o Coaf. Ou seja, o MPF fez questão de deixar bem claro que não pediu nada.
O MPF não havia feito nada com o relatório do Coaf e foi só depois que o caso Queiroz veio a público, que decidiu mandou a papelada ao MP do Estado do Rio, para este examinar se cabia agir.
s finanças suspeitas de um amigo e colaborador do clã Bolsonaro e o depósito nebuloso de 24 mil reais, por parte desse personagem, na conta da futura primeira-dama incomodam o presidente eleito às vésperas da posse.
No Congresso, deputados de oposição a Jair Bolsonaro ensaiam propor uma CPI assim que os novos parlamentares assumam, em 1o de fevereiro. Um dos articuladores da CPI, o PT cobrou providências do Ministério Público Federal (MPF).
Uma investigação que mire Michelle Bolsonaro, a depositária dos 24 mil, o senador eleito Flávio Bolsonaro, contratante na Assembleia Legislativa do Rio do dono das finanças suspeitas, e o PM aposentado Fabricio Queiroz, depositante do cheque na conta da esposa do ex-capitão.

sexta-feira, 14 de dezembro de 2018

VOE CADA VEZ MAIS ALTO, POVO BRASILEIRO

Não existe paz para quem é guerreiro
Também não há perdão para quem contestar
Aprenda cidadão - que o Céu brasileiro
É muito mais hostil para quem quer voar.
(Jozias Umbelino)

Memorial da Democracia 
As arribaçãs e andorinhas voam livremente em bandos, querendo fazer o verão acontecer por esse céu brasileiro. Sem medo das espingardas, ora quanto mais alto voarem, menos chumbo irá lhe alcançar.


Há um prólogo poético para esse texto, mas já levanto a voz para lhes questionar: trata-se somente de uma loa de poeta????

Não!! É uma realidade triste. A história brasileira mostra que o país sempre foi autoritário com lideranças que contestam o status quo das elites. E qualquer movimento de revolta que se insurja contra esse status, sofrerá um arrasamento impiedoso. Foi assim com Canudos. Foi assim com o Cangaço. Foi assim com diversos outros movimentos de revolta pelo Brasil inteiro.

Se o Estado Brasileiro age assim com quem lhe contesta, imagina os cidadãos detentores da força econômica e política, que representam uma elite historicamente mesquinha e sanguinária. A elite que manda no Estado Brasileiro. Que deita e rola contra cidadão sem força de expressão. A elite covarde. A elite que matou João Pedro Teixeira, Margarida Maria Alves e diversos outros lutadores do campo e aplicou um revés às Ligas Camponesas.  A elite que deu o Golpe Militar. A elite que matou Mariele Franco!

A história das lutas camponesas está intimamente identificada com a História Brasileira. Com essa historia de repressão e de morte das pessoas que se insurgem contra as elites e o Estado Brasileiro.

Ano após ano, acontecem diversos assassinatos de líderes ou camponeses ligados aos movimentos sociais. Sem falar dos índios... Sem falar dos negros, estes que são tombados, mais silenciosamente, nas favelas, ou em seu ambiente mais restrito que são as comunidades remanescentes de Quilombo. Sem falar também de lideranças que se encorajam a enfrentar essas elites e assumem bandeiras na luta pelos direitos humanos, como Mariele Franco, Doroth Stang, Chico Mendes e tantos outros. Lideranças essas que tombaram frente à violência da elite brasileira.

O que esperar de um cenário político cada vez mais hostil para quem defende os pobres? O que esperar de um país que não quer fazer justiça quando o assunto é assassinato do “pequeno pelo grande”?

Você, cidadão brasileiro, precisa se insurgir contra essa violência dramática. Mas precisa andar em bando. Você precisa ser massa. Não uma massa de manobra. Uma massa de gente, que juntos podem andar de cabeça erguida pelo solo brasileiro e voar sem medo pelo céu hostil desse país lindo, mas violento. Voar em bando como as arribaçãs e as andorinhas, para fazerem verão no céu brasileiro. 

(Jozias Umbelino Leite)

quinta-feira, 13 de dezembro de 2018

Bolsonaro quer tirar o Brasil do Acordo de Paris: Qual o verdeiro motivo?

Segundo o site Ultimo Segundo o Presidente eleito afirmou que a política ambiental não pode atrapalhar o desenvolvimento do País;  ele quer tirar o Brasil do acordo firmado na Conferência do Clima de Paris (COP 21) assinado por 195 em 2015.
Reprodução/Flickr


Comentário
Com essas declarações, mais uma vez é visitável o despreparo de Bolsonaro, porque é perfeitamente possível conciliar desenvolvimento econômico com a conservação dos recursos naturais, sem precisar destruir a Amazônia por exemplo para produzir  alimentos no Brasil, e gerar crescimento econômico. 

O presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL), disse nessa quarta-feira (12), durante uma transmissão ao vivo em suas redes sociais, que pretende deixar o Acordo de Paris caso não sejam feitas as mudanças propostas pelo seu governo. Segundo ele, O brasil não consegue cumprir com as exigências previstas no acordo  e que passaria a correr riscos de sofrer "sanções até de força".

Comentário
O não cumprimento do Acordo em si não gera penalidade alguma ao país que o viola. Ao longo de todo o documento, não se fala em punição por descumprimento. pelo visto o Jair desconhece o que tem escrito no acordo de Paris, qual será a verdade sobre esta saída?
pode ter outras motivações e não esta que está sendo alegada
Por isso que eu digo Tem caroço neste angu!

Comentários Raimundo Bertino 


Texto e mais informações aqui na Fonte: Ultimo segundo



terça-feira, 11 de dezembro de 2018

A Coruja do sertão apresenta atletas de peso para 2019

Por: Ricardo Góis 

Ontem na cidade Afogados da Ingazeira, no sertão do Pajeú Pernambucano, o Afogados F. C. fez uma festa de solenidade para boas vindas de seus atletas para a atuação em 2019, a ideia é começar se prepara para a próxima temporada. e agora 
Foto:Ricardo Góis no estadio Vianão

 A Coruja do sertão almeja voar mais alto e apresenta seus atletas para temporada 2019 , atletas experientes como Elvis ex Salguero e Nautico e Bebeto ex Avai entre outras equipes são destaques nesta equipe que almeja chegar forte na competição , alem de manta o rei do acesso , um conhecedor da coruja sertaneja, agora o Vianã está preparada para quem sabe ser campeão estadual em 2019. 

Este ano 2019, o Blog Pajeú de Noticias vai fazer uma cobertura completa dos jogos da Coruja Na competição do estadual

sábado, 10 de novembro de 2018

Intercâmbio entre famílias rurais de regiões semiáridas e úmidas do planeta é caminho para superação dos desafios das mudanças climáticas

Vanessa Gonzaga, Brasil de Fato | Petrolina (PE)
Fotos: Divulgação

Guardiães da biodiversidade e mestres/as da convivência com o Semiárido, agricultoras/es se tornam embaixadoras/es brasileiras/os na África e América Central

Outras etapas do intercâmbio já foram realizadas, como a visita de delegações de Honduras, El                                   Salvador e Guatemala ao Semiárido brasileiro / Vanessa Gonzaga

A desertificação ameaça 1/3 das terras do planeta. Sem dúvida, trata-se de um dos problemas globais mais urgentes da atualidade. Nestas regiões, onde o solo está ameaçado à infertilidade, vive 42% da população planetária. Grande parte são famílias que se alimentam do que cultivam e colhem e, portanto, têm uma relação direta com os recursos naturais - solo, água, sementes.

No Semiárido brasileiro há indícios fortes de respostas a essas perguntas. Desde 2011/2012, a região por um período de chuvas abaixo da média. Pela sua duração e intensidade, a seca tem sido considerada uma das mais severos dos últimos 30 anos. Mesmo assim, não houve um movimento migratório fora da normalidade, não morreram crianças, nem velhos, e não houve saques ao comércio local, como acontecia nesta região em cada período de estiagem mais acentuada.

Apesar da diminuição na produção, as famílias continuaram colhendo uma quantidade de alimentos que supre sua necessidade de consumo e gera excedente que é vendido, gerando renda. Feiras agroecológicas surgiram neste período em algumas regiões e outras conseguiram se manter com número reduzido de feirantes. Algumas também se desmobilizaram no período e foram reativadas, logo que as chuvas retornaram. (http://asabrasil.org.br/noticias?artigo_id=10526&start=6).

Essa realidade do Semiárido foi sendo construída por um conjunto de políticas públicas complementares que permitiram a ampliação do acesso à água às famílias, assistência técnica agroecológica, acesso a crédito, entre outras. Devido a esta condição, o Brasil, representado pela sociedade civil organizada através da Articulação Semiárido (ASA), foi convidado pela Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO) para trocar experiências com outros países da América Central e da África com regiões subúmidas e semiáridas, respectivamente.

Pensando no quanto a troca de conhecimento popular pode ser uma poderosa estratégia para ampliar a resiliência dos povos, a ASA propôs para a FAO a realização de intercâmbios entre agricultores e agricultoras familiares do Semiárido com a população rural do Senegal e de El Salvador e Guatemala. Afinal de contas, estes lugares sempre foram povoados por quem sempre resistiu às características climáticas mais adversas. Nada mais natural do que escutá-los para encontrar saídas para os desafios trazidos com o aquecimento global e a diminuição das chuvas.

De 5 a 13 de novembro, 13 brasileiros/as do Semiárido, alguns deles/as vindos/as de municípios em estado de emergência pela seca, vão atravessar o oceano Atlântico para encontrar com as famílias agricultoras senegalenses. Conheça um pouco mais das histórias dos agricultores e agricultoras que serão os/as embaixadores/as do Semiárido brasileiro no Senegal (http://asabrasil.org.br/noticias?artigo_id=10693).

O agricultor  e sócio fundador da ADESSU Baixa Verde, Antonio Sabino, que reside na comunidade São Bento, em Santa Cruz da Baixa Verde,  faz parte do grupo que viajou ao Senegal animado com a possibilidade da troca de saberes com trabalhadoras e trabalhadores que lá também convivem com a realidade Semiárida. Em sua propriedade, Antonio procura desenvolver uma agricultura familiar com base na produção orgânica agroecológica, com base na manutenção de suas sementes crioulas e de um Sistema Agroflorestal.

A população do Senegal vive, desde outubro do ano passado, uma crise alimentícia resultante da falta de chuva. Segundo a organização não governamental Ação Contra a Fome, estima-se que falta de chuva deixou mais de 245 mil pessoas sem alimentos no país. E uma, em cada cinco crianças, sofre de desnutrição aguda. (http://agenciabrasil.ebc.com.br/internacional/noticia/2018-08/no-senegal-seca-deixa-245-mil-pessoas-sem-alimentos-afirma-ong)

Edição: Jéssica Freitas





terça-feira, 21 de agosto de 2018

Comunidade de Triunfo realiza ação coletiva para a melhoria da estrada

As estradas de pedra fazem parte do patrimônio histórico de Triunfo. Apesar de estar localizado no sertão pernambucano, o município fica em uma região de brejo e a pavimentação com pedras é feita para evitar a lama nas vias de acesso à zona rural. Embora seja uma ótima saída, o calçamento de pedra dificulta a locomoção dos veículos e torna o percurso mais demorado, prejudicando os moradores que precisam se direcionar a cidade para atendimento médico, por exemplo.

Uma alternativa encontrada pelos moradores de muitas comunidades rurais foi a melhoria do acesso através da faixa asfáltica, no entanto, para a construção são necessários: areia, brita e um óleo específico para asfalto, este último, tem um valor muito elevado (cerca de R$ 3.000,00 um galão com 1000 litros).

Os morados da Rua Manoel Marques Nogueira, no Bairro da Saudade, em Triunfo, a comunidade Santa Tereza e a ADESSU Baixa Verde, deram início nesse mês de agosto a uma campanha coletiva para a arrecadação de recursos para a melhoria da estrada.

No dia 09 de setembro, será realizado um show beneficente com atrações musicais, barracas com comidas e bebidas e também um bingo com premiação de R$600,00, tudo isso com o objetivo de viabilizar a compra dos materiais. Além disso, foi lançada uma campanha virtual para a arrecadação de recursos por meio de doações, através do link: https://doare.org/br/doacao/228485/adessu-baixa-verde/juntos-pela-melhoria-das-estradas.


AÇÕES DA CAMPANHA COLETIVA:


SHOW BENEFICENTE
Dia: 09 de setembro
Local: Ao lado da chácara de João Paiva, acima da ADESSU
Horário: A partir das 14h

BINGO
Premiação: R$600,00
Valor da cartela: R$5,00

DOAÇÕES ONLINE
https://doare.org/br/doacao/228485/adessu-baixa-verde/juntos-pela-melhoria-das-estradas.


Por Jéssica Freitas

quinta-feira, 2 de agosto de 2018

Imersão Campus de Princesa Isabel do IFPB construção do diagnostico participativo

A imersão de vivencia de com professores e alunos do Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia da Paraiba, será realizada será realizada na comunidade quilombola de Cavalhada comunidade de Flores-Pe, será construído um diagnostico participativo da comunidade e com a comunidade a baixo a programação completa.

quarta-feira, 1 de agosto de 2018

Porque que Candidatura de Marília Arraes ao governo foi escanteada pelo PT ?

Segundo Uma reportagem do Diario de Pernambuco Minutos depois de a vereadora do Recife, Marília Arraes, postar um vídeo em seu perfil no Twitter negando que sua candidatura ao governo do estado seria retirada em prol do apoio ao atual governador Paulo Câmara e tratando a notícia como “ataque especulativo”, a Comissão Executiva Nacional do PT emitiu uma nota oficial confirmando que, sim, o partido apoiará o PSB em Pernambuco. Exatamente como havia antecipado o líder da oposição na Câmara, José Guimarães, também em uma postagem no Twitter. O deputado cearense, inclusive, revelou o placar da votação interna: 17 a 8 pelo fim da candidatura própria em Pernambuco. 
A nota oficial do PT explica que a estratégia que tira Marília da eleição estadual surge a partir da decisão de priorizar à candidatura de Lula à Presidência da República: “Com o objetivo de fortalecer a unidade do campo popular em torno da candidatura Lula, e na perspectiva de construir as condições políticas para que uma aliança progressista  governe o país a partir de janeiro de 2019, a direção do PT desenvolveu intenso diálogo com outros partidos, prioritariamente PSB e PCdoB, com os quais temos vínculos históricos”, detalha o comunicado. 

O texto segue: “PSB e PCdoB estão entre os cinco partidos que assinaram conosco, por meio das fundações partidárias, o manifesto programático Unidade para Reconstruir o Brasil. Nestas eleições, já estamos juntos na Bahia, Acre, Ceará e Maranhão, e trabalhando para constituir alianças no maior número possível de estados.

 O PT entende que a unidade do campo popular é necessária para superarmos a profunda crise do país, reverter a agenda do golpe e retomar o projeto de desenvolvimento com inclusão, onde o povo e os trabalhadores voltem a ser o centro das ações de governo. Nessa perspectiva, o PT decide incorporar-se às campanhas em que esses aliados históricos disputam governos estaduais, criando as condições para ampliar nacionalmente o apoio à candidatura Lula” matéria completa aqui .

Opinião:Raimundo Bertino 
Eu não entendo essa decisão da executiva do PT de apoia o PSB de Pernambuco, como pode ? esse povo do PT e todo mundo sabe que foram eles/as parlamentares pernambucanos que deram Peço no golpe.  Desde o inicio foram contra o povo e o PT, como assim essa aliança o PT e PSB? O PT Está procurando sarna pra se coçar, não é possível se aliação com alguém que lhe traiu, que traíram o povo? Se juntando aos traidores o resultado disso é que vai ser traído de novamente, o PT de fato vai jogar seu nome na lama, e o prestigio que tem.  Mais uma vez e a politica enoja os cidadãos e cidadãs de bem deste país,e os políticos só querem saber do seu próprio Bem está.


segunda-feira, 30 de julho de 2018

Campanha arrecada fundos para financiar caravana Semiárido Contra a Fome

Contribuição mínima é de R$ 25 e tem recompensas. Caravana vai percorrer 4,3 mil km em 14 dias

A caravana pela democracia e contra a fome no Brasil
 começa no dia 27 de julho / Arte/CSCF
Para financiar as despesas da Caravana Semiárido Contra a Fome, que vai percorrer boa parte do Brasil, em 14 dias, para denunciar a volta da fome e pedir a continuidade das políticas públicas sociais, foi criada uma campanha de arrecadação de fundos. As doações, que dão direitos a retribuições e recompensas, são a partir de R$ 25.
Quem quiser colaborar só precisa acessar a campanha neste link e fazer a doação. 
A campanha foi dividida em quatro etapas, de acordo com as fases das caravana, que vai percorrer mais de 4.300 quilômetros, partindo do sertão de Pernambuco até a capital federal.
A caravana começa no dia 27 de julho, em Caetés (PE), e terá paradas estratégicas em: Feira de Santana (BA), Guararema (SP), Curitiba (PR) até o destino final Brasília (DF), no dia 05 de agosto, onde a caravana pretende denunciar ao Supremo Tribunal Federal (STF) a situação de fome que atinge o país. 
Em cada cidade haverá ações organizadas pelos movimentos e entidades locais como debates em universidades, feiras, atos de rua, reunindo milhares de pessoas.
O golpe político de 2016, promovido por Michel Temer (MDB), instaurou um grande retrocesso no Brasil causando impactos muito maiores que a escassez ou a falta de água. 
"No nosso processo de construção de uma proposta de política de convivência com o semiarido, temos sempre colocado no centro do debate de que a fome não é um fenômeno natural, diferente da seca, a fome é resultado da ausência ou da nao prioridade do povo na promoção da políticas públicas", disse Cristina Nascimento, coordenação da Articulação Semiárido Brasileiro (ASA) pelo Estado do Ceará.
Segundo Cristina, no período de 2003 a 2016, vários programas como Fome zero, Bolsa Família, Programas de cisternas , Brasil Sem Miséria , aposentadoria rural, PAA e PNAE , entre outros, trouxeram o povo para dentro do orçamento público numa outra perspectiva. "Tudo isso é outras tantas ações possibilitaram tirar o Brasil do mapa da fome. Demos um passo que parece curto mas foi um passo histórico", disse.
"O que vivemos hoje é resultado dos retrocessos, dos cortes no orçamentos para programas como os de convivência com o semiárido, das famílias sendo cortadas do Bolsa família, dos programas pra agricultura familiar sem orçamento nenhum e tantos outros retrocessos que aconteceram nos últimos dois anos. O golpe foi mais impactante para famílias pobres, negras, das comunidade urbanas e rurais . Por isso que gritar contra a fome é necessariamente gritar pelo retorno da democracia", disse Cristina.
Doações
A meta de arrecadação da campanha de financiamento da caravana é R$ 150 mil. O dinheiro será usado para despesas com logística, hospedagem e alimentação para todos os participantes. Para se ter uma ideia, esse valor é equivalente aos custos de 90 pessoas, entre agricultores e agricultoras, lideranças, técnicos e jornalistas.
Texto retirado do site Redação Brasil de Fato | São Paulo (SP) Publicado em 22 de Julho de 2018 às 13:19 mais informações No mesmo site 
Inscreva-se no Nosso Canal TV CTDentro(Pajeú de Noticias)

segunda-feira, 23 de julho de 2018

Feira da agricultura familiar: símbolo de resistência do povo do semiárido



As feiras são um importante espaço de comercialização dos produtos da agricultura familiar. É lugar onde podem ser encontrados legumes, verduras e frutas, mas também produtos de artesanato e alimentos prontos, como arroz com galinha de capoeira. Além disso, é bonito de se ver a troca de experiências entre os feirantes e os consumidores, proporcionada pelas conversas olho no olho.
Em Triunfo, sertão do Pajeú pernambucano, agricultoras e agricultoras familiares, vindos de diversas comunidades rurais do município, oferecem todas as sextas-feiras produtos orgânicos, bolos, doces, comidas regionais, mudas de plantas e artesanato.
A agricultora Veronice Medeiros, da comunidade Fortaleza, leva para sua banca, macaxeira, inhame, jerimum, cenoura, coentro e carne de galinha de capoeira, tudo produzido na sua propriedade. “Infelizmente a gente ainda escuta muitas pessoas dizerem que a feira não tem futuro, mas nós resistimos. Não adianta uma fruta ser enorme e bonita se estiver cheia de veneno. Tudo isso eu colhi hoje mesmo na minha roça, uns alimentos saudáveis e bonitos como esses não tem preço.”, comentou a agricultora.
Embora 70% da alimentação que chega às mesas das pessoas, seja oriunda da agricultura familiar, ainda convivemos com o fato de que o Brasil é um dos maiores consumidores de agrotóxicos do mundo. As agricultoras e agricultores familiares estão na linha de frente desse confronto, resistindo no dia a dia.
CHEGA DE AGROTÓXICOS!
O Projeto de Lei 6299/02, que se refere ao pacote de mudanças na fiscalização e controle de agrotóxicos no Brasil, ganhou a primeira batalha na Câmara dos Deputados. Por 18 votos a 9, a comissão especial aprovou a proposta, encaminhando-a para votação no plenário da Câmara.
O projeto apresenta uma série de mudanças na atual Lei dos Agrotóxicos e vem gerando polêmica desde o início do ano. Ele alteraria, por exemplo, a nomenclatura “agrotóxico” para “pesticida”, excluiria os ministérios da Saúde e o do Meio Ambiente do processo de análise e registro dos produtos, centralizando as atribuições ao Ministério da Agricultura, liberaria licenças temporárias e também mudaria a análise atual dos agrotóxicos, proibindo apenas as substâncias que apresentem “risco inaceitável”. (Fonte:huffpostbrasil).

Por Jéssica Freitas



sábado, 21 de julho de 2018

Tiririca disputará reeleição, diz jornal

© Reuters Deputado Tiririca no plenário da Câmara
O deputado federal Francisco Everardo Oliveira, o Tiririca, disputará a reeleição neste ano. As informações são da Coluna do Estadão, do jornal O Estado de S.Paulo.
No final do ano passado, Tiririca anunciou que deixaria a vida pública, “decepcionado com a política brasileira”. “Saio com vergonha do que vi nestes sete anos aqui”, declarou na ocasião.
Em 2010, ao chegar a Brasília, o humorista foi o deputado mais votado do país, com 1,354 milhão de votos, atrás apenas de Celso Russomanno entre os candidatos de São Paulo. Ficou marcado pelo bordão “pior do que tá, não fica” e se reelegeu em 2014, com 1,016 milhão de votos.
A coluna Radar revelou em maio que o cacique Valdemar Costa Neto tentava dissuadir Tiririca da desistência. O PR insistia que, sem a exposição da política, a agenda de shows do comediante poderia ficar esvaziada.

POR Daniel Bergamasco Portal MSN

segunda-feira, 16 de julho de 2018

Aposentado é encontrado morto em sua residência na zona rural de Carnaíba

NOTICIAS DA RADIO PAJEÚ
O policiamento foi solicitado pela agente plantonista, para fazer deslocamento até o Sítio Pedra D’água dos Puquério, Povoado da Itã, Zona Rural, Carnaíba-PE, onde havia sido localizado um cadáver.
Ao chegar a residência da vítima C. S. F., 65 anos, casado, aposentado, foi constatada a veracidade da informação, sendo a mesma encontrada em cima de uma cama.
Testemunhas informaram que viram a vítima chegar a sua casa por volta das 16h e observaram que depois não havia mais movimentação no local, momento em que foram à casa e notaram que ela encontrava-se sem vida.
Diante dos fatos o corpo foi conduzido ao hospital de Carnaíba e a ocorrência foi passada a disposição da delegacia local para serem tomadas as medidas legais cabíveis.

sábado, 14 de julho de 2018

Voos de Serra Talhada PE serão às segundas, quintas, sextas e domingos a partir de 28 de outubro

Do blog do Nill Júnior

A Azul Linhas solicitou à Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) autorização para operar frequências para as cidades de Caruaru, no Agreste, e Serra Talhada, no Sertão, a partir de 28 de outubro deste ano.
A concretização, porém, depende de avaliação das condições dos aeroportos, que precisam de certificação para receber operações.
Enquanto Serra Talhada recebeu investimentos recentes na ordem de R$ 35 milhões para construção de um terminal e construção de nova pista, Caruaru amarga anos de espera por intervenções no aeroporto da principal cidade do interior do estado. Serra Talhada, inclusive, recebeu nesta quinta-feira um voo experimental da própria Azul.
No relatório da Anac, que aponta o pedido de rotas das companhias, a Azul prevê operar voos saindo do Recife para Caruaru aos domingos, às segundas, quintas e sextas-feiras, sempre com um único voo no dia, às 11h15.
Nos mesmos dias, o trecho Caruaru-Recife (volta) vai operar às 13h15. Já nas terças e quartas-feiras, o horário do voo Recife-Caruaru será às 14h e a rota Caruaru-Recife, às 15h55. O pleito contempla o período de 28 de outubro de 2018 a 29 de março de 2019, considerando que, de 4 de novembro a 15 de fevereiro, as rotas antecipam a partida em uma hora, por causa do horário de verão.
Em relação a Serra Talhada, as opções de voos que a Azul pretende oferecer são também iniciando em 28 de outubro.
Partindo do Recife com destino a Serra Talhada, os voos seriam às segundas, quintas, sextas e aos domingos, sempre às 14h.

sexta-feira, 13 de julho de 2018

, Fernando Filho perde apoio de lideranças no Sertão do Pajeú após trocar PSB pelo DEM

Foto Fernando Filho e Luciano Torres. Reprodução 
O ex-ministro de Minas e Energia e deputado federal,Fernando Filho, perdeu apoios para a reeleição, após trocar o PSB pelo DEM.
O prefeito de Ingazeira (Sertão do Pajeú), Lino Moraes e seu antecessor, Luciano Torres (PSB), que votaram em Bezerra Coelho nas três últimas eleições anunciaram que não marcharão mais com o deputado de oposição ao Governo de Paulo Câmara (PSB).
Em uma emissora do Pajeú, Luciano Torres afirmou que Fernando Filho foi que se afastou do seu grupo indo para a coligação “Pernambuco vai Mudar” que é adversária da “Frente Popular”, capitaneada pelo governador Paulo Câmara.
Nos bastidores, comenta-se que Fernando Filho estaria tentando, agora, conquistar o apoio do adversário de Torres e Moraes, Mário Viana, que é o líder de oposição.

Matéria do Blog Roberio Sá

quinta-feira, 12 de julho de 2018

Mulher é encontrada amarrada e denuncia esposo por violência e cárcere privado em Afogados

O portal da Radio Pajeú traz uma notícia chocante 
foto ilustrativa retirada da internet  
A GT ordinária foi acionada pela Central de Operações para averiguar uma ocorrência de violência doméstica e cárcere privado no bairro Sobreira, Afogados da Ingazeira-PE.
O policiamento chegando ao local constatou que a vítima B. F. S, 22 anos, amasiada, se encontrava amarrada, onde a mesma informou que o acusado L. J. da S, 19 anos, amasiado, agricultor, seu esposo, lhe agrediu com socos na boca, braços e no peito, e que não é a primeira vez que a mesma é agredida, porém, não o denunciou antes por medo.
No momento da chegada da guarnição o acusado evadiu-se pulando o muro da residência. Diante dos fatos a vítima foi encaminhada à DP da Mulher para as providências legais cabíveis.

domingo, 8 de julho de 2018

18ª Semana do Meio Ambiente reúne jovens de PE, RN e CE



A cidade de Martins, região serrana do Rio Grande do Norte, reuniu nos dias 05,06 e 07 de julho, 30 jovens vindas e vindos dos territórios Sertão do Pajeú pernambucano, Oeste Potiguar e periferia de Fortaleza-CE para a programação da 18ª Semana do Meio Ambiente – SEMEIA, realizada pela Diaconia com o apoio de outras organizações sociais, e que teve como tema “Juventudes e Agroecologia – potenciais para transformar o Semiárido”.

Pela primeira vez, foi atribuído a SEMEIA um formato direcionado as discussões na perspectiva das juventudes. “A decisão de realizar a SEMEIA com a juventude é um marco, pois existe uma riqueza e um potencial muito latente do jovem de protagonizar sua história. As posições da juventude vão contribuir para iniciativas futuras de Diaconia” destacou o assessor político pedagógico da Diaconia no Recife, Joselito Costa.

As atividades foram desde a integração ao ar livre, troca de experiências dos territórios, palestras, dinâmicas de grupo, até a produção de conteúdo por meio de uma oficina de produção e edição de vídeo no celular, equipamento tecnológico mais utilizado pelas juventudes.

Durante o encontro, os jovens dialogaram sobre os avanços vivenciados pela juventude do campo e da cidade, apontando aspectos como a inclusão digital, o empoderamento na luta contra o patriarcado, machismo, racismo e homofobia, e a formação de coletivos; em contraponto aos desafios, como o acesso as drogas que atingem jovens do campo e cidade.

Troca de experiências de territórios

Uma dessas experiências vem do município de Triunfo, Sertão do Pajeú. Está sendo aplicada pelo grupo de jovens que são assistidos pela organização ADESSU Baixa Verde. O núcleo de comunicação infantojuvenil empoderou jovens por meio da comunicação, e tem como um dos canais de reivindicação de direitos, o programa de rádio intitulado “Em Sintonia com os meus Direitos”, feito pelas próprias crianças, adolescentes e jovens. “Nosso núcleo visa dialogar com a sociedade sobre os direitos das crianças, adolescentes e jovens, não se calar diante das frustrações e perda desses direitos, promover a igualdade de gênero entre as famílias, além de transmitir conhecimento através de diversas mídias e resgatar a dignidade do nosso público alvo”, disse a jovem comunicadora da ADESSU, Jéssica Freitas.

Outra experiência também foi apresentada no evento e veio do município pernambucano de Carnaíba. A jovem Maria José, também do Sertão do Pajeú, destacou a reconstrução da biodiversidade de sua propriedade, no sítio Jatobá. Lá, uma nascente de olho d’água foi resgatada para garantir a sobrevivência da família e da produção de diversas culturas. “Por meio da utilização adequada e consciente da água, nós conseguimos várias coisas. Entre elas, o reflorestamento da nossa reserva com plantio de mais de seis mil mudas, fizemos alguns barramentos naturais para evitar a erosão do terreno e acumular água de outras maneiras, garantindo nossa segurança alimentar”, disse.

A jovem Josiele Melo falou do curso superior de Licenciatura em Educação no Campo, pela Universidade Federal Rural do Semiárido (UFERSA), no município de Mossoró, no Rio Grande do Norte, compartilhou que está sendo difundida e aplicada uma medida política inovadora na Universidade com significativo caráter social, cuja conquista se deu por meio dos movimentos sociais que ela faz parte.

Eduardo Marques, jovem estudante de Engenharia ambiental,  apresentou experiência de um projeto no Bairro Bom Jardim, periferia de Fortaleza-CE. Através de um método alternativo de fossa séptica e permacultura, que possibilitará a melhoria na qualidade de vida de diversas famílias desassistidas pelo poder público no que diz respeito a obras de saneamento básico.

A última experiência apresentada foi do grupo de jovens “Juventude Encontro com Cristo – J.E.C.”, da comunidade Santo Antonio 02, em Afogados da Ingazeira-PE, compartilhada pelo jovem Renato Alcântara. Ele é da comunidade Curral Velho dos Pedros, mas se uniu ao grupo para realizar atividades de produção de artesanato, ações solidárias e resgate da cultura nordestina.

Texto: Jéssica Freitas, comunicadora popular ADESSU Baixa Verde, com informações de Diaconia


Foto: Tádzio Estevam, assessor de comunicação da Diaconia





segunda-feira, 2 de julho de 2018

PT traça nova estratégia para tirar Lula da cadeia

Depois da guerra na defesa criminal de Lula, o PT quer submeter à direção da sigla a estratégia jurídica que será adotada para tentar libertar o ex-presidente.
A ideia é que qualquer recurso passe pela cúpula do partido antes de ser apresentado aos tribunais superiores.
Num sinal de que o embate entre Sepúlveda Pertence e Cristiano Zanin está longe de ser apaziguado, advogados começaram a espalhar mensagens de apoio ao ex-presidente do STF.
“Pertence é o maestro soberano. Está para o Direito como Tom Jobim para a música, como Pelé para o futebol”, disse um deles. (Daniela Lima – Folha Painel)

Anuncie

Anuncie
Aqui