Anúncios

quarta-feira, 8 de fevereiro de 2017

CINEMA E TEATRO SÃO OPÇÕES DE ENTRETENIMENTO PARA AS COMUNIDADES RURAIS DO PAJEÚ PERNAMBUCANO

Você já imaginou ter cinema na sua comunidade? na sua casa? E imagine ai você fazer teatro em cima de uma calçada de uma casa na zona rural? Pelo menos já ouviu falar não é ? Para quem mora  no Sertão do Pajeú Pernambucano sabe que existe e talvez até já foi uma sessão de cinema, muitas famílias principalmente jovens e mulheres tem vivido essa experiência.  
Teatro é mais difícil num é verdade? Pois bem de fato existe esse cinema e teatro na zona rural de alguns municípios do Pajeú realizado por jovens em parceira com O Centro Sabiá, PJR Pastoral da Juventude Rural e Outros Parceiros. Hoje é uma estratégia para atrair a juventude e começar um processo de organização nas comunidades rurais e também trabalhar outras problemáticas como os agrotóxicos, o lixo, Agroecologia e política. Qualquer tema que seja trabalhado de forma artística fica mais leve, dinâmico e interessante. Essa ideia de fazer cinema e teatro nas comunidades começou ser posta em prática no município de Flores no ano de 2015, com o projeto Cine Arte das Flores, teve um período de 06 meses em quatro comunidades: Matalotagem, Poço Grande, Santana de Almas e Cavalhada. Foram 24 sessões em cada comunidade, totalizando 96 sessões, sempre com exibição de um curta e um longa. O curta é sempre uma sessão educativa e o longa-metragem são filmes de entretenimento. A ideia  se expandiu para outras comunidade e municípios e hoje o cinema nas comunidade rurais é um sucesso em uma media de publico de 60 pessoas a cada exibição.   
No último fim de semana (28 e 29/01) jovens das comunidades Malhada Vermelha e Cajazeiras no município de Calumbi realizaram o primeiro cinema e a primeira apresentação do grupo de teatro da comunidade para uma media de 60 pessoas da comunidade, em reunião na casa de um dos comunitários, no sitio Malhada vermelha, tudo em tom de uma verdadeira festa. “isso é muito bom, agente se diverte e é um lazer que não tinha, quero parabenizar a comunidade e esse jovens que estão mostrando que é possível ter outro tipo de diversão que não seja bebedeira ” comenta a Agricultora Maria José da comunidade e Malhada vermelha.

A apresentações começa com a apresentação do teatro com a peça “O nascimento de Jesus”, logo depois foi exibido o filme “Deuses do Egito”.  Os próprios jovens, em um elenco de 11 meninos, da comunidade apresentaram a peça, porém, também estiveram presentes na plenária jovens do da comissão de Jovens locais de Flores, todos da Comissão De Jovens Multiplicadores de Agroecologia (CJMA), junto com a equipe técnica do Centro Sabiá.Vejam nas fotos abaixo:




T




Sem comentários:

Publicar um comentário

Anuncie

Anuncie
Aqui